Iniciação: bem vindos a Familia Vaisnava!

Ao receber a iniciação conhecida como Harinama, os devotos recebem um serviço inicial de seu Siksa Guru (Guru iniciador) que é cantar o Mahamantra diariamente na Japa Mala (rosário de meditação em contas de Tulasi).

Srila Govinda Maharaj sempre pedia para que fossem cantadas 16 voltas na Japa Mala, com o humor de comunhão com o Santo Nome, pedindo para que Ele se revele no coração.

Ele sempre deu uma ênfase na importância do cantar consciente evitando as 10 ofensas ao Santo Nome. Caso o devoto não possa fazer a meditação nas 16 voltas em um dia específico, ele pode dedicar-se ao cantar de 4 voltas. É muito importante não deixar a Japa jejuar, pois ela é uma deidade, e o cantar é um serviço a ela.

O Mahamantra deve ser sempre precedido pelo cantar do Pancha Tatwa Mantra, que nos conectam com o mantra.

Sriman Mahaprabhu também nos ofereceu uma forma positiva de nos conectarmos com o Santos Nomes sem ofensas no verso ‘tṛnād api sunīchena taror api sahiṣṇunā amāninā mānadena kīrtanīyaḥ sadā hariḥ’ – Aquele que é mais humilde que uma grama, mais tolerante que uma árvore e que oferece honra a todos sem desejar para si mesmo está qualificado para cantar os Santos Nomes.

Se tentarmos praticar este ensinamento teremos um cuidado favorável com a nossa prática espiritual” Srila Bhakti Vijay Trivikrama Maharaj

Pancha Tatwa Mantra

śrī-kṛṣṇa-chaitanya prabhu-nityānanda
śrī-advaita gadādhara śrīvāsādi-gaura-bhakta-vṛnda

 Mahamantra Hare Krishna

Hare Kṛṣṇa Hare Kṛṣṇa Kṛṣṇa Kṛṣṇa Hare Hare,

Hare Rāma Hare Rāma Rāma Rāma Hare Hare.

As Dez Ofensas ao Santo Nome – adaptadas de Sri Gaudiya Kanthahar

  1. Blasfemar os devotos que dedicaram suas vidas para propagar o Santo Nome do Senhor no mundo.
  2. Considerar os nomes de semideuses como Senhor Shiva ou Senhor Brahma iguais ou independentes do Nome do Senhor Visnhu.
  3. Desobedecer às ordens do Mestre Espiritual ou considerá-lo um homem comum.
  4. Blasfemar contra as escrituras védicas ou literaturas sagradas autorizadas.
  5. Acreditar que as glorias atribuídas ao Santo Nome são exageros.
  6. Criar teorias, ou interpretações imaginárias sobre o Santo Nome.
  7. Cometer atividades pecaminosas contando com a força de purificação posterior obtida do cantar do Santo Nome. Esta é considerada a maior de todas as ofensas.
  8. Acreditar que o cantar Hare Krsna está no mesmo nível que as atividades ritualísticas karmicas descritas nos Vedas.
  9. Instruir pessoas sem fé sobre as Glórias do Santo Nome ou iniciar pessoas não qualificadas e sem fé, dando japa-malas a estas.
  10. Não ter fé completa no cantar dos Santos Nomes e por isso, manter apegos materiais.

Conselhos práticos para os novos membros:

Altar

No processo de Bhakti Yoga, os devotos estabelecem um pequeno altar para fazer oferendas para o seu Siksa Guru e assim vivenciar diariamente atividades de dedicação e desejo de conexão. Geralmente o altar é colocado em um local separado para as meditações, protegido do acesso de animais de estimação e que possa ser fechado com cortinas, biombos ou portas.

No altar podem ser colocados a foto do seu guru iniciador da SCSMath, foto da Sucessão Discipular, uma edição do Srimad Bhagavad-gita, ele pode ser decorado com flores.  Os devotos oferecem um copo de água, ou uma florzinha ou incenso, além de preparações diariamente no altar no momento da meditação dos mantras ou pela manhã.

“Ao contrário dos altares de templos com deidades, que tem uma formalidade de arrumação, de adoração e oferendas, não existe uma grande regra na composição do altar residencial. Ele reflete o coração e o desejo conexão do devoto” – Srila Trivikrama Maharaj.

Prasadam

“Os praticantes de Bhakti Yoga são mais do que vegetarianos, são comedores de prasadam” – esta máxima ilustra o processo de oferecer todas as preparações feitas em casa em um altar para que ela seja primeiro aceita pelo seu Guru e assim ela passe a ter misericórdia espiritual, capaz de purificar nossos corações. É uma atividade cotidiana dos devotos que pode ser mais conhecida em detalhes nesta página, que também traz inúmeras receitas postadas por devotos de todo o Brasil.

Sadhu Sanga

Um dos processos mais importantes da Bhakti Yoga é tentar ter associação com os Gurus e pessoas Santas, pois Eles têm o poder de nos encorajar e ajudar em nossa prática espiritual.

Conhecido, assim, como Sadhu Sanga, o buscar pela conexão com seu Guru e com os devotos fortalece o seu caminho espiritual. Procurar participar dos encontros presenciais e virtuais com devotos com frequência podem fazer a grande diferença em seu desenvolvimento.

Conheça aqui a lista de centros no Brasil e de Grupos de Estudo e Fale Conosco para ajudarmos com dúvidas e sugestões.

Sejam Bem-vindos a Familia!

O Milagre do Telefone …. Que Voltou a Falar!

Introdução: Milagre e espiritualidade são temas geralmente conectados, para a maioria das pessoas está relacionado com saúde, algum tipo de ganho inesperado. Este artigo conta um dos inúmeros milagres que Srila Govinda Maharaj participou e demonstra a beleza do milagre que promove a conexão com Deus. Suas histórias são sempre maravilhosas de ouvir mas, talvez em uma época em que muitos corações pedem em uníssono por mais milagres de serviço, essa história possa apontar mais uma vez que nada é impossível no serviço ao Divino. Clique aqui para conhecer outras histórias de milagre.

Por Sripad Bhakti Ranjan Madhusudan Maharaj. Tradução: Devayani Devi Dasi

Espere o inesperado!  Às vezes era isso que se sentia ao estar na companhia de Srila Gurudev, Sua Divina Graça Srila Bhakti Sundar Govinda Dev-Goswami Maharaj.   Em todo o mundo, devotos testemunharam vários eventos milagrosos inesperados.   Até mesmo Srila Govinda Maharaj comentou em várias ocasiões que muitos milagres ocorreram em sua vida.   À seguir encontra-se o relato de um desses milagres.

Era o ano de 1996 e Srila Govinda Maharaj encontrava-se sentado em sua varanda em Nabadwip.   Isso foi antes da reforma da varanda, quando o espaço ainda era pequeno, o que contribuia para o clima intimista dos darshans com Sua Divina Graça.

Isso foi antes de e-mail e Internet.  A comunicação entre Srila Govinda Maharaj e os devotos ocorria principalmente por meio de visitas ou cartas.   Ocasionalmente, uma ligação telefônica conseguia ser completada.  Telefones celulares não existiam.  Os telefones eram de linha fixa e nem sempre confiáveis e não era incomum que o telefone de Nabadwip ficasse mudo por dias seguidos.

Havia apenas alguns poucos devotos com Srila Govinda Maharaj naquela tarde.  Eu estava com Aravinda Lochan Prabhu, Jagadananda Prabhu, Swaranangii Devi e alguns outros.   O telefone não funcionava já havia pelo menos uma semana.  Você não conseguia fazer ligações nem recebê-las.   Naquela tarde, Srila Govinda Maharaj tirou o telefone do gancho para checar se havia sinal.   Ele estava apenas checando o telefone.

De repende, Srila Govinda Maharaj escutou uma voz no telefone.  O telefone estava mudo mas havia uma voz falando com Srila Govinda Maharaj.  Falando através do telefone, estava Krishna Vallabha Prabhu, um Vaishnava Brajabasi sênior de Vrindavan.

Krishna Vallabha Prabhu estava falando a Srila Govinda Maharaj sobre um terreno em Vrindavan que acabara de entrar no mercado que ficava ao lado do Templo Sri Sri Radha Damodar.   Esse terreno havia sido parte de uma briga judicial mas agora a questão havia sido resolvida e ele poderia ser vendido.  Ele disse a Srila Govinda Maharaj que todos queriam pôr as mãos naquele pedaço de terra.   A entrada dessa propriedade no mercado estava sendo esperada por muitas pessoas.   Muitos desejavam comprar o terreno para negócios ou para obter prestigio.  Mas Krishna Vallabha Prabhu explicou:  “Nós queremos que você compre esse terreno!  Nós queremos que essa terra fique protegida espiritualmente.  Nós queremos que ela seja cuidada de forma adequada. É um lugar muito especial.”

Krishna Vallabha Prabhu continuou explicando que ele só conseguiria reservar o terreno para Srila Gurudev por alguns dias antes que o mesmo fosse oferecido para outros compradores.  O dinheiro precisaria ser entregue  e os papéis assinados e registrados em até 15 dias.

O terreno já havia sido avaliado, porém havia pessoas dispostas a pagar muito mais.  Mas Krishna Vallabha Prabhu assegurou Srila Govinda Maharaj que ele só precisaria pagar o valor da  avaliação.   Os vendedores não estavam interessados em obter muito dinheiro, o mais importante era que o terreno ficasse em boas mãos.   E é por essa razão que eles gostariam que Srila Govinda Maharaj comprasse o pedaço de terra.  Inclusive, Krishna Vallabha Prabhu disse que ele mesmo daria o dinheiro caso fosse difícil para Srila Govinda Maharaj conseguí-lo.  Eles estavam muito ansiosos para que Srila Govinda Maharaj tomasse posse do terreno!

Srila Govinda Maharaj recebeu esse único telefonema e todos os pormenores foram resolvido em poucos minutos.  Nós que estávamos em volta não entendemos muito bem o que se passava.  Nós observamos que Srila Govinda Maharaj tinha ficado bastante sério.  Quando ele desligou o telefone, ele estava chocado.  Ele então ficou ainda mais chocado ao perceber que após desligar o telefone e levantar o bocal novamente, o telefone voltou a ficar mudo.  O telefone estava mudo antes e depois do importante telefonema, e o aparelho nunca tocou.  O rosto de Srila Govinda Maharaj era de total surpresa!

“Oray Baba!” Srila Govinda Maharaj iria dizer mais tarde “Foi um milagre! O telefone mudo falou comigo e ordenou: Envie um homem para adquirir o terreno.”

Sempre que acontecia algo extraordinário, Srila Govinda Maharaj buscava entender qual era a mensagem que estava sendo enviada do plano superior.   Muitas vezes outros interpretavam os fatos como coincidência ou como um evento feliz ou infeliz.   Mas Srila Govinda Maharaj sempre buscava entender qual era o desejo do Senhor por detrás de cada incidente.

Srila Govinda Maharaj entendeu claramente que o que aconteceu havia sido promovido pelo plano superior para que ele conseguisse assegurar o terreno.  Ele imediatamente tomou todas as providências necessárias.  Não havia tempo a perder.   No mesmo instante, ele enviou seu fiel associado Purnananda Prabhu de Nabawip para Vridavan para dar entrada na papelada.  Tudo foi feito dentro do prazo necessário e o terreno foi transferido para o nome da missão.

O que tinha de tão especial esse terreno?  As terras eram parte do Templo Sri Sri Radha Damodar.  Pode ser visto que ambos se encontram no mesmo terreno.   Existe um muro dividindo os dois, mas qual a importância de um muro?  Do ponto de vista espiritual é o mesmo terreno.   O Templo Sri Sri Radha Damodar é considerado do ponto de vista geográfico e espiritual, o centro de Vrindavan.  Na época do Senhor Chaitanya Mahaprabhu esse era o local onde todos os Goswamis e outros grandes santos Vaishnava congregavam.   Agora ele abriga o Samadhi Mandirs de Srila Rupa Goswami, Srila Jiva Goswami, Srila Bhurgarva Goswami e Srila Krishna Das Kaviraj.   Srila Govinda Maharaj sempre falava da grande honra que era poder servir a Srila Rupa Goswami e a seu próprio Guru Maharaj, Srila Bhakti Rakshak Sridhar Dev-Goswami Maharaj através da proteção e do cuidado com essa propriedade.

Srila Govinda Maharaj via essa propriedade como um lugar para servir a Srila Sridhar Maharaj, sendo esta uma representação completa de Srila Rupa Goswami, e também como um lugar para adorar Srila Sridhar Maharaj, perto de Srila Rupa Goswami mas honrado separadamente dos vários Pushpa Samadhis dentro do complexo do Templo Sri Sri Radha Damodar.

Em menos de um ano, a casa de hóspedes foi erguida para os devotos.   Logo após,  construiu-se um mandir para as Deidades.  Em Novembro de 1999, Srila Govinda Maharaj presidiu,  repleto de alegria, a instalação das Deidades Sri Sri Guru Gauranga Gandharva Rasabihari para acompanhar Sri Sri Radha Rasabihari,  as Deidades da antiga Casa Vrindavan que veio com a propriedade.   Depois a murti de Srila Sridhar Maharaj foi também instalada.  Srila Govinda Maharaj entendeu que essa propriedade especial era o lugar de Guru Maharaj and que ela veio até ele a serviço de seu Guru Maharaj, Srila Bhakti Rakshak Sridhar Dev-Goswami Maharaj.