BBBClass 3/2014: Sadhu sanga – o poder da associação – Sripad Vaisnava Maharaj

Introdução:

Este artigo é uma compilação de alguns dos materiais apresentados no Tema 3 Sadhu Sanga – do Back to Bhakti Basic Class (De volta ao básico de Bhakti Yoga), e traduzidos por Rasa Sundari Devi Dasi – Uberlândia.

Nesta edição do encontro nacional transmitido ao vivo pela internet foram compartilhados entre os participantes.

Para saber mais sobre o Grupo de Estudos, se inscrever e participar clique aqui.

TEMA 3 – Sadhu Sanga

Este vídeo de Sripad Vaisnava Maharaj foi a abertura do encontro, que seguiu com a seleção de trechos de escrituras sobre Sadhu Sanga e de trechos de obras de Srila Sridhar Maharaj e Srila Govinda Maharaj nas quais eles explicam o tema:

Trechos de Escrituras:

“A pessoa que deseja obter opulência Divina deve adorar aquele que é atmajña, auto-realizado. Isto é, deve adorar um devoto de Sri Hari, a Suprema personalidade de Deus” – Mukunda Upanishad 3.1.10

“Na associação de devotos puros, discussão de passatempos e atividades da Suprema Personalidade de Deus são muito agradáveis e satisfatórias aos ouvidos e ao coração. Pelo cultivo de tal tipo de conhecimento uma pessoa pode gradualmente avançar no caminho da liberação. Depois disso ele se torna liberto e sua atenção se torna fixa. Aí então a devoção real e o serviço devocional começam”. Sri Bhagavatam 3.25.25

“Meu querido rei Rahugana, a menos que a pessoa tenha a oportunidade de borrar seu corpo com o pó sagrado dos pés de lótus de grandes devotos, ela não poderá realizar a Verdade Suprema. Uma pessoa não pode realizar a Verdade Suprema simplesmente por observar o celibato, por adorar uma deidade, por aceitar o voto de sannyasi, por seguir perfeitamente as regras do ashram de grhastha (da vida familiar), nem pode obter este tipo de verdade por aceitar severas penitências e austeridades, por estudar os Vedas ou por adorar os semi-deuses do Sol e da água. Apenas pelo banhar na poeira dos pés de lótus de um devoto puro a Verdade Absoluta é revelada”. Sri Bhagavatam 5.12.12

Trechos de Obras dos mestres da Sri Chaitanya Saraswat Math:

1. Sridhar Maharaj – Vulcão Dourado do Amor Divino

Ao mesmo tempo, devotos virão até nós dizendo: “Não tenha medo. Nós somos todos como você. Vamos caminhar juntos em linha reta. Não tenha medo – nós estamos aqui.” É dito que os devotos de Krishna são ainda mais simpáticos conosco do que o próprio Sr Krishna. O consolo para nossas vidas e de (a) nossa fortuna são Seus devotos, e Krishna diz: Mad bhaktānāṁ cha ye bhaktāḥ: “Aquele que é servo do Meu servo é o Meu verdadeiro servo”. Sadhu-saṅga, a associação com pessoas santas é o que há de mais valioso e importante para as nossas vidas. Para guiar o nosso avanço e o nosso progresso em direção ao infinito, a associação é o nosso guia; e é isso o que importa. Devemos nos fixar nesta conclusão:

‘sādhu-saṅga’, ‘sādhu-saṅga’,—sarva śāstre kaya

lava-mātra sādhu-saṅge sarva-siddhi haya

“A conclusão que foi dada pelas escrituras é que toda a perfeição pode ser alcançada com a ajuda de pessoas santas. Boa associação é a nossa maior riqueza para alcançar a meta suprema. “

2. Srila Gurudeva no livro Reflexões Douradas

Śrīla Rūpa Goswāmī elencou sessenta e quatro tipos de serviços no Śrī Bhakti-rasāmṛta-sindhu. Sriman Mahāprabhu deixou, de forma concisa, somente cinco.

sādhu-saṅga, nāma-saṅkīrtana, bhāgavat-śravana

mathurā-vāsa, śrī-mūrtira śraddhāya sevana
sakala sādhana śreṣṭha ei pañcha aṅga

Devemos nos engajar em todos os diferentes tipos de serviço: pregação, glorificação ao Senhor Hari, ao Guru e ao Vaishnava; serviço no Templo e aos devotos; realizar parikramā (peregrinação) aos três principais Dhāms sagrados: Vṛndāvan, Jaganatha Purī, e Nabadwīp; e, imprimir e distribuir livros de glorificação a Śrī Guru Gaurāṅga Gāndharvā Govindasundar Jīu. Guru significa a glorificação ao Divino Mestre e devemos glorificar também os Vaishnavas. Durante este ano podemos (devemos) publicar vários livros dentro dessas (nessas) linhas. Temos também grande ambição em posterior publicação (distribuição) em todo mundo.

3. Srila Sridhar Maharaj no Satisfação Interior

Neste trecho, Srila Sukadeva Goswami explica que um instante é suficiente para resolver todos os problemas da uma vida, desde que devidamente associado em sādhu-saṅga. A todo custo, tente buscar a oportunidade de estar em sādhu-saṅga, a associação com o agente do Senhor Krishna. Qual é a necessidade de viver por eras e eras, se estamos inconscientes do nosso próprio interesse? Um momento utilizado apropriadamente é suficiente para resolver todos os problemas das nossas vidas, pelos os quais estamos eternamente vagando neste plano.

4. Srila Gurudeva no Verdade Revelada

Não tente imitar o que os sādhus fazem. O sādhu (a pessoa santa, o sábio) poderá fazer algo que seja útil para alguém que esteja em um estágio mais elevado, mas pode não ser útil para alguém que esteja em um estágio inferior. Sadhu-sanga significa tentar praticar a nossa vida espiritual sob a orientação/guia de um sādhu. Sadhu-sanga significa seguir as instruções dadas pelo sādhu, o que não significa tentar imitar o seu comportamento.

 

 

 

VIDEO: Mini documentário sobre as Glórias da Colina da Gorvardhana

Este vídeo é mini-documentário com a narração do secretário da missão Sri Chaitanya Saraswat Math – Sripad Madhusudana Maharaj, gravado nos locais sagrados de Sri Govardhana.

Legendado em português. Feliz Govardhana Puja!