Srila Raghunath Das Goswami

cropped-Srila-Govinda-Maharaj

Por Srila Bhakti Sundar Govinda Dev-Goswami Maharaj, 1º de outubro de 1990.

Quando Sriman Mahaprabhu desapareceu, Srila Raghunath Das Goswami quase enlouqueceu e queria abandonar seu corpo. Então, ele lembrou que os muito queridos devotos de Mahaprabhu, Sri Rupa e Sanatan estavam vivendo em Vrndavan e decidiu: “Primeiro eu os encontrarei. Então abandonarei meu corpo saltando da Colina de Govardhan.”

Com isso em mente, Raghunath Das foi para Vrndavan. Quando ele conheceu Rupa e Sanatan, ele ganhou vida nova. Vendo a prática devocional deles e o programa de pregação de Mahaprabhu totalmente estabelecido em Vrndavan, Raghunath decidiu não deixar seu corpo mais.

Sob a orientação de Rupa e Sanatan, ele viveu em Vrndavan por um longo tempo, mas depois do desaparecimento de Rupa Goswami, ele ficou extremamente chocado. Ele estava morando nas margens do Radha Kunda e adorando Giriraj Govardhan todos os dias, mas quando Rupa Goswami deixou este mundo, ele sentiu uma dor extrema. Ele expressou seus sentimentos em um verso,

śunyāyate mahā-goṣṭhaṁ girīndro ’jagarāyate
vyāghra-tuṇḍāyate kuṇḍam jīvātu-rahitasya me
(Sri Prarthanasraya-chaturdasaka)

“Eu não vejo mais o Radha Kunda: vejo a boca de um tigre vindo me levar embora. Não vejo mais Giriraj Govardhan: vejo uma píton chegando para me levar embora.”

Ele sentiu uma separação muito profunda e parou de tomar prasadam. Ele começou a tomar apenas uma xícara de soro de leite uma vez por dia. Pela graça de Mahaprabhu e pela vontade de Rupa e Sanatan, Raghunath viveu oitenta, ou oitenta e dois anos neste plano material. Ele compôs muitas orações a Radha-Krishna e descrições dos Passatempos dEles: o Vraja-vilasa-stavaka e outros. Às vezes, descobrimos que seus versos nos dão mais vida do que os de Rupa Goswami. Ele escreveu muitos versos, mas recebemos muita iluminação de alguns deles.

āśā-bharair amṛta-sindhuḥ mayaiḥ kathañchit
kālo mayāti-gamitaḥ kila sāmprataṁ hi
tvañ chet kṛpāṁ mayi vidhāsyasi naiva kiṁ me
prāṇair vrajena cha varoru bakāriṇāpi
(Vilāpa-kusumāñjalī: 102)

“Eu estou vivendo no Radha Kunda pela graça dos meus Gurus Rupa e Sanatan. Por quê? Eu preciso do serviço exclusivo de Radharani. Eu não quero Krishna sozinho. Eu quero o Krishna que é servido por Srimati Radharani.”

radhara dasi krsna sarva vede bale
(Gitavali: Radhastakam, 1.5)

[“Todas as escrituras declaram que Krishna pertence aos servos de Radharani.”]

“Eu preciso do serviço dos pés de lótus de Radharani. Eu não preciso do serviço de Krishna. Asa-bharair: essa é minha única esperança. Estou mantendo a esperança de que um dia eu obterei o serviço dos pés de lótus de Radharani. Kalo mayati-gamitah, eu tenho esperado tanto tempo por isso, kila sampratam hi: e estou pensando: ‘Eu vou conseguir isso nesta vida? Ó Radharani! Se não, então não quero servir a Krishna. O que devo fazer com Krishna? Sem Você, Krishna é simplesmente um matador de demônios.’”

A linha de Raghunath Das Goswami é a linha apropriada para nós. Nós ouvimos isso de Srila Guru Maharaj, Srila Bhakti Raksak Sridhar Dev-Goswami Maharaj. Se quisermos a graça de Rupa Goswami, então devemos seguir a linha de Srila Raghunath Das Goswami. Dessa forma, devemos alcançar os pés de lótus de Srila Rupa Goswami, e quando recebemos a misericórdia de Rupa Goswami, então o serviço de Radha-Krishna é muito fácil de obter.

O humor de Raghunath Das Goswami era muito elevado. O objetivo de sua vida era um serviço exclusivo a Radharani, mas sob a orientação de Rupa Goswami. Em outro verso, Srila Das Goswami nos mostrou como o relacionamento entre Guru e discípulo é mantido no mais alto nível. Essa é a nossa fortuna, e nós recebemos isso do nosso Guru Maharaj.

tvam rupa-manjari sakhi prathita pure ’smin
pumsah parasya vadanam na hi pasyasiti
bimbadhare ksatam anagata-bhartrikaya
yat te vyadhayi kim u tach chhuka-pungavena
(Sri Vilapa-kusumanjali: 1)

[“Ó amiga! Ó Rupa Manjari! Você é respeitada nesta vila; você nem olha para o rosto de outro homem. Então, na ausência de seu marido, que grande papagaio fez essa mordida em seus lábios vermelhos? ”]

A expressão neste verso é muito elevada. Quando recebermos a misericórdia de Srila Guru Maharaj, ele aparecerá em nosso coração e mostrará sua forma divina em nossa vida de serviço.

Áudio:http://scsmath.net/math/audio/1107on-uploads/901001-SGovindaMj_DisapOfRaghunathDasAndBhattaAndKavirajGoswami.mp3
(O áudio para este texto começa aos 17:45)

Texto em inglês: https://premadharma.org/srila-das-goswamis-line/

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s